Nossa História

Primeiros Anos

O Centro de Ensino Profissionalizante surgiu no bairro Bressani, em razão dos apelos da comunidade da cidade, em especial do bairro, que clamava pela necessidade de ter cursos profissionalizantes, até então ausentes no município. Estes apelos eram feitos à Secretaria da Educação, que iniciou uma coleta de opiniões, registrada em livros, para saber quais eram as intenções e expectativas que os moradores possuíam para os cursos que gostariam que funcionassem num novo centro de ensino profissionalizante. Todo este material de coleta e todo o projeto de implantação do ensino profissionalizante de Paulínia estavam sob a responsabilidade da senhora Maria Inês Fini, responsável pelo Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). O decreto Municipal de criação do CEMEP foi o de número 2536, do dia 25 de agosto de 1989, e a inauguração oficial foi no dia 25 de março de 1990. O funcionamento da escola se deu no dia 4 de abril do mesmo ano. A autorização legal de funcionamento teve o processo de número 1008/1990; sua aprovação foi homologada no dia 12 de dezembro de 1990, sendo que a publicação deste foi feita em diário oficial no dia 15 de dezembro de 1990.

O primeiro curso a funcionar no CEMEP foi o de Secretariado. Após teve inicio o curso de auxiliar de enfermagem. Foram também, instalados em uma oficina, no último pavimento da escola, cursos técnicos ministrados por profissionais do SENAI, bem como o curso de datilografia. Funcionava ainda, um curso de especialização de operadores de fábricas, ministrado por profissionais das empresas da região, Replan, Shell, Rhodia. E uma oficina de tapeçaria e reparação de móveis, no período da noite. No meio do ano de 1991, houve a implantação dos cursos de Administração e de Processamento de Dados, a continuidade do Secretariado. No ano de 1993 ocorreram reformas na oficina de tapeçaria e marcenaria, que foram transformadas e transferidas para o SENAI, até então desativado. Este voltou a funcionar no ano de 1995, no bairro de Betel, na Escola Técnica de Paulínia (ETEP), liberando assim o espaço das salas de aulas que ocupava no CEMEP. Assim, em 1993 o CEMEP elabora junto à Secretaria da Educação do Município, um plano de curso para Química e outro para o Magistério, segundo pedidos dos moradores do bairro, apesar de já haver no município um curso de magistério, que funcionava na Escola EE General Porphyrio da Paz.

O curso formação de técnico em Química foi implantado no CEMEP, em fevereiro de 1994. No ano de 1995, o curso de Química sai do CEMEP, e é transferido para a ETEP em Betel. Nesse mesmo ano o CEMEP recebe o Magistério e passa a funcionar junto aos cursos de Secretariado, Administração, Enfermagem, Datilografia, Processamento de Dados. No ano de 1997, o curso de Enfermagem é transferido do CEMEP para o ETEP e o curso de magistério passou a ter aulas ministradas por professores concursados.

De 2000 até 2010

Houve uma grande mudança na grade dos cursos em 2004, eles deixaram de ser oferecidos por meio-período e passaram a ser em período integral, intercalando entre o ensino médio e o curso técnico. Em 2008, a escola obteve a terceira maior média total no ranking do Enem entre as escolas da cidade de Paulínia, com a nota de 54,83. Também obteve boa colocação na Olimpíada de Algoritmos, ficando em 9º lugar na classificação nacional de um total de 74 escolas participantes. Nesse mesmo ano se formou a última turma do curso normal na instituição e uma das últimas do país.

Atualidade

A escola que funcionava há mais de 20 anos no mesmo local, teve seu prédio cedido para ensino fundamental no começo de 2011 e foi transferido junto ao prédio que também estava a Universidade São Marco. Um prédio público abaixo das arquibancadas do Sambódromo no complexo Brasil 500. Contudo no ano de 2012, o CEMEP volta ao seu prédio, localizado na Av Brasil, 330 - Vila Bressani.



Home

Atenção


Novo horário das aulas


13/fev/17
Início das aulas



Onde estamos:

Av Brasil, 330 - Vila Bressani - Paulínia - SP

Telefone: (19)3833-2643 / 3833-2355

E-mail:[email protected]